segunda-feira, 3 de agosto de 2015

O Monte dos Vendavais - Opinião

Título: O Monte dos Vendavais
Autor: Emily Brontë
Editor: Civilização Editora
Edição/ reimpressão: 2012 (1ª publicação em 1847)
Género: Romance
Páginas: 312







Sinopse:


Mr. Lockwood aluga uma casa no Yorkshire para uma calma temporada no campo. Contudo, certa noite, ao ver-se forçado a pernoitar na obscura mansão de Wuthering Heights à conta de uma forte tempestade, irá descobrir e quase reviver os tormentosos acontecimentos aí ocorridos anos antes, e que perduram no tempo como uma terrível maldição.

O Monte dos Vendavais centra-se na relação intensa entre Heathcliff, um jovem cigano adotado, e Catherine Earnshaw, a filha do próspero patriarca que acolhe Heathcliff no seio da sua família, e explora magistralmente as consequências trágicas da escolha que Catherine teve obrigatoriamente de fazer entre o amor de Heathcliff e as obrigações sociais a que estava sujeita por condição e nascimento. Esta é uma história de amor intenso e trágico que o tempo há muito consagrou. 

Opinião:

Este era um dos clássicos que mais tinha curiosidade em ler e dos quais ouvia falar há mais tempo, apesar de não saber absolutamente nada sobre a história. Mas as opiniões eram contraditórias: muitas pessoas adoraram e muitas não gostaram. Eu tinha medo de me inserir no segundo grupo.

Acho que este foi o primeiro livro que li em que o narrador (presente) não era a personagem principal - pelo menos eu não o considerei como tal. A verdade é que não sabemos praticamente nada sobre ele. Apesar de ter estranhado, não desgostei.

Foi um pouco difícil sintonizar-me na história, saber quem era quem no meio de passado e presente. Qualquer momento de distração me fazia ter de voltar atrás. Mas este retorno juntamente com a observação atenta da árvore genealógica presente no início do livro, fez com que me sentisse cada vez mais à vontade com a história e a poder desfrutá-la melhor.

Achei a escrita da autora fenomenal, nada maçadora e bastante apelativa. A história também é muito boa, com algumas surpresas. Para a altura em que foi escrito, acho que é mesmo uma obra-prima.

No entanto, não houve nenhuma personagem com que me identificasse muito, cada uma tinha um defeito pior que o da outra. Mas nos casos em que não era exagerado, até tornou a história mais real.

Este foi um livro que, no geral, adorei. É um dos meus clássicos preferidos que li até agora e tenho a certeza que esta história me vai ficar na cabeça por muito tempo. É bem provável que o volte a reler um dia, e eu não sou muito de releituras. Recomendo!



17 comentários:

  1. Olá Sara,
    Ainda bem que gostaste eu adorei este livro, também tive de estar bastante concentrada na sua leitura, caso contrário perdia-me. Mas sem sombra de dúvida é um excelente livro.
    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla
      Antes de mais obrigada pela excelente recomendação. Apesar da curiosidade não sei se lhe pegaria num futuro próximo. Gostei mesmo muito. Mas acho que se o reler vou gostar ainda mais.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  2. Olá Sara
    Fico contente por teres gostado. Quando o li, adorei mas é daqueles livros que quero reler para saber se vou gostar tanto. principalmente por ser uma história mais obsessiva.
    Beijinhos

    O Prazer das Coisas | Facebook | Youtube

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita
      Sim, também tenciono reler.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Olá Sara,
    Ainda não li este livro, mas sempre ouvi muito bem dele.
    Acho que já vi o filme, mas não me lembro de nada da história. Acho que assim vou ler o livro.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isaura
      Eu gostei muito. Ando a tentar ver o filme, mas anda difícil de encontrar.
      Espero que gostes.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  4. Olá Sara,
    Tens uma mensagem no Goodreads para ti.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Olá,
    Confesso que não sou muito dada a clássicos, mas gostava de mudar isso e de começar a ler alguns clássicos. Gosto especialmente destas edições da civilização, são simplesmente lindas!
    Gostei da tua opinião, parece ser um bom livro, embora pareça exigir muita atenção enquanto o lemos, mas isso até é bom porque permite-nos desfrutar da leitura ao máximo. :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá
      Eu também só este ano é que lhes comecei a prestar mais atenção, e a experiência está a ser boa. Sim, estas edições são lindas lindas.
      Exige um bocadinha, principalmente no início, até nos enquadrarmos na história. Mas vale muito a pena.
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Ois,

    Bem tenho em casa por ler, tenho mesmo que ver se lhe dou mais atenção, fiquei curioso e sim já reparei que há quem adore e há quem não goste muito :)

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha
      Tens de ler ;) Espero que gostes.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  7. Vou querer reler este. Da primeira vez que o li, fiquei ligeiramente desiludida :X

    ResponderEliminar
  8. A escrita das irmãs Bronte é fantástica. Confesso que prefiro a Charlotte e a Anne. O livro de Emily foi o que menos gostei. Devia ler " Jane Eyer". Tenho a certeza que a encantara mais... E nesse mais depressa nos identificamos com as personagens!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara
      Sim, quero muito ler os das irmãs. Já tenho "Jane Eyre" cá em casa e estou muito curiosa, tenciono ler brevemente.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar